Política

21 de Janeiro de 2022 às 16:34:00h

Bolsonarista de MT usa morte de ex-deputado para atacar vacinas

O deputado federal José Medeiros (Podemos) utilizou a morte do médico e ex-deputado federal, José Augusto Curvo, o “Tampinha”, vítima de complicações da Covid-19, para atacar a vacinação e colocar em xeque a eficácia dos imunizantes contra a doença. A declaração ocorreu por meio de postagens nas redes sociais

"Tampinha" tinha 72 anos e já havia tomado as três doses da vacina contra a Covid-19. Foi um dos primeiros a receber o imunizante em Cuiabá, exatamente um ano antes da sua morte.

No fim do semana, foi infectado pelo novo coronavírus e seu quadro evoluiu para óbito. Ele estava internado no Hospital Oswaldo Cruz, em São Paulo.

Medeiros foi às redes sociais para usar o caso do médico, que classificou como "amigo", pra desqualificar os imunizantes e criticar as pessoas que defendem a vacinação. "Tampinha, ex-deputado federal, meu amigo... Tomou todos os cuidados, ficou totalmente isolado durante 2020, foi o primeiro a se vacinar, inclusive na "dose de reforço...". Infelizmente, perdemos essa guerra pra COVID, virão agora as mil justificativas para a "infalível vacina"! Vá em paz, meu amigo!!!", publicou o deputado.

Ao criticar as vacinas, o deputado José Medeiros utiliza do mesmo discurso do presidente Jair Bolsonaro, que é contrário a vacina. O parlamentar não confirmou se vacinou.

Fonte: Folha Max