Esportes

04 de Agosto de 2022 às 06:27:50h

Cuiabá tem contrato com zagueiro Joaquim Henrique até dezembro de 2026

Mesmo antes de chamar atenção na Série A, ainda em abril deste ano, a diretoria do Cuiabá já via com bons olhos o desempenho do zagueiro Joaquim Henrique, de 23 anos, que se destaca na titularidade do Dourado no Brasileirão. 

Emprestado ao Botafogo de Ribeirão Preto para a disputa do Paulistão no primeiro trimestre deste ano, Joaquim Henrique teve seu contrato estendido após o retorno ao Cuiabá. Ele tinha vínculo até dezembro de 2023 e assinou novo compromisso até 31 de dezembro de 2026 com o time mato-grossense.

Em resposta a reportagem do Olhar Esportivo, segundo o vice-presidente do Cuiabá, Cristiano Dresch, “a multa contratual é alta, suficiente para resguardar o clube”.

Na atual temporada, Joaquim realizou 14 jogos pelo Botafogo de Ribeirão Preto, 13 no Campeonato Paulista e um na Copa do Brasil. Pelo Dourado, atuou em três jogos na Sul-americana e oito na Série A, sendo sete como titular na primeira divisão, bancando nomes experientes como Alan Empereur e Paulão. 

Recentemente, o zagueiro teve a melhor média de pontuação entre os jogadores sub-23 da América Latina, compondo a seleção da categoria no mês de julho da plataforma de estatísticas SofaScore. Além disso, segundo o site, compõe a seleção do mês do Brasileirão 2022, com média de 7.37. 

Histórico 

Mineiro de Muriaé, Joaquim Henrique iniciou a carreira profissional no Paulista-SP, em 2019. Na primeira temporada, foram 24 jogos e quatro gols marcados pelo time do interior, conquistando o título da Segunda Divisão. O defensor passou também por Murici-AL, São José-SP e Botafogo da Paraíba, até chegar ao Sub-23 do Cuiabá em maio de 2021.  

Vestindo a camisa Auriverde, fez 15 jogos pelo Sub-23 no ano passado, entre Aspirantes e Copa FMF, mais 12 jogos pelo profissional, atualmente titular absoluto no Brasileirão ao lado de Marllon.

Fonte: Olhar Esportivo