Saúde

01 de Novembro de 2018 às 01:00:47h

Hospital Regional de Sinop deve suspender atendimento a novos pacientes

A novela do caos na saúde de Sinop, mais precisamente Hospital Regional, acabou de ganhar um novo e sombrio capítulo, nesta quarta-feira (31) a TV Centro América teve acesso a um pedido feito por um médico direcionado a diretoria do Hospital, que pede a suspensão de atendimento a novos pacientes, pois eles não têm estrutura para atender as pessoas que estão internadas, muito menos as que poderão dar entrada na unidade.

No pedido o médico alega a falta de medicamentos e insumos que resultam na demora no tratamento e pacientes há meses aguardando cirurgias.

No último dia 25/10 o Ministério Público Estadual (MPE) entrou com uma ação na Justiça pedindo o bloqueio de R$ 5 milhões das contas do Instituto Gerir, empresa que administra o Hospital, pois segundo o promotor de Justiça, Pompílio Azevedo, o repasse referente há um mês deve ser bloqueado para que haja o pagamento de funcionários e compra de insumos.

O promotor informou que a verba para manter o hospital aumentou e o número de serviços diminuiu em relação à administração anterior.

Além de Sinop, o Instituto Gerir administra o Hospital Regional Irmã Elza Giovanella, em Rondonópolis.

Uma comissão composta pelo corpo clínico da unidade deve ser formada para realizar os pagamentos aos fornecedores e funcionários.

Não foi confirmado se o Hospital irá acatar o pedido do médico.

Fonte: VisãoNotícias