Política

20 de Maio de 2020 às 18:23:41h

"Com as Forças Armadas, combate aos crimes ambientais será ainda mais efetivo", afirma governador

O governador Mauro Mendes afirmou que, com o auxílio do Exército, o Governo de Mato Grosso será ainda mais efetivo no combate às queimadas e ao desmatamento ilegal.

A declaração foi dada na tarde desta quarta-feira (20.05), durante visita do ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, a Cuiabá.

Mendes solicitou o auxílio das Forças Armadas para intensificar o combate aos crimes ambientais em Mato Grosso. O pedido foi acatado pelo presidente da República, Jair Bolsonaro.

"Ficamos muito felizes com essa parceria. O general [Reinaldo] Salgado tem sido parceiro de ações importantes, como na montagem do Hospital Metropolitano. Fizemos a largada da Operação Verde Brasil 2, com a União das nossas forças, para que unidos possamos combater os crimes ambientais", afirmou o governador.

De acordo com Mendes, a união das forças estadual e federal trará mais eficácia no combate aos ilícitos ambientais, uma vez que o Exército tem um grande efetivo de homens e estrutura à disposição.

"Com o reforço das forças armadas, seremos ainda mais efetivos. Já aplicamos mais de R$ 300 milhões em multas e estamos dando um recado claro para quem acha que pode desmatar e continuar na impunidade. Teremos tolerância zero com o crime", reforçou.

O ministro da Defesa citou que a operação apreendeu mais de 9 mil metros cúbicos de madeira extraída ilegalmente nos estados que abrangem a Amazônia.

"Vim aqui para ver como está o auxílio do Governo Federal aos estados. Temos 130 mil militares para ajudar a família brasileira em todas as regiões. As forças armadas estão à disposição do Estado de Mato Grosso", declarou.

Fonte: Lucas Rodrigues | Secom-MT