Geral

13 de Setembro de 2021 às 08:07:13h

Eduardo Leite afirma que população está cansada de pagar o preço pelo desgoverno de Bolsonaro

O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), aproveitou coletiva de imprensa na Capital para tecer duras críticas ao presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), na tarde deste sábado (11), por conta de suas atitudes frente ao Governo Federal. Leite disse que o presidente vilipendia o país que tem uma população cansada de viver fortes emoções e pagar o preço de crises políticas e desgoverno.

“As pessoas estão cansadas de viver sobre forte emoções. De se perguntar qual será a declaração polêmica da semana [do presidente Bolsonaro] que irá gerar instabilidade nos mercados, que vai dificultar aprovação de reformas, que vai prejudicar o país. Literalmente cobra um preço caro, pois pressiona o dólar, piora a curva de juros, pressiona a inflação e dificulta a geração de empregos. O povo paga a conta no final do mês”, afirmou o governador do Rio Grande do Sul.

Leite pondera que assumiu um Estado economicamente desgastado e que colocou as contas em dia, sendo possível realizar isso no Brasil. Ele pontua que o cenário deve melhorar se o presidente colocar energia em melhorar o ambiente.

“Tem que parar de gastar energia em ataques institucionais, disputas com governadores e com entidade nacionais. Necessita de um ambiente político mostrando a capacidade de avançar nas reformas, para melhorar o ambiente, e dar uma previsão, uma projeção  de saída para crise”, explica.

O governador está em Cuiabá para participar de evento de seu partido, o PSDB. Ele, assim com o governador de São Paulo, João Dória, visitam todo o Brasil em campanha interna pelas prévias partidárias. Os dois concorrem para se lançar candidato à presidência pelo PSDB, em 2022.

Eduardo Leite discursa para os políticos e filiados do PSDB de Mato Grosso, em busca de angariar votos nas prévias do dia 21 de novembro. O governador foi recebido pelo presidente estadual, deputado Carlos Avallone, o deputado Wilson Santos e outros líderes do partido.

Dória tem agenda marcada na Capital para o dia 23 de Setembro.

Fonte: Hiper Noticias