Geral

11 de Janeiro de 2021 às 09:26:00h

Dilmar critica oposição por pedir vista e não propor mudanças: ‘só para ganhar tempo’

O líder do Governo na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), Dilmar Dal Bosco (DEM), criticou o fato de deputados da oposição pedirem ‘vista’ de projetos somente, segundo ele, para ganhar tempo. Esta foi uma estratégia, segundo ele, usada pelo petista Lúdio Cabral para o projeto que autoriza o Governo do Estado a modificar o empréstimo da Caixa Econômica para viabilizar a construção do BRT.

Lúdio pediu vista do projeto na última terça-feira (5), quando a Mensagem do Executivo foi colocada em primeira votação. Por este motivo, outra sessão foi convocada para quarta-feira (6), onde a proposta foi aprovada. O projeto passou em segunda votação nesta quinta-feira (7).

“É um direito de fazer, agora, eu sou de uma opinião de que quando eu peço vista de um projeto é porque eu tenho dúvida, eu tenho dúvida de um artigo, de um parágrafo, de um inciso... altero, faço modificação, apresento emenda, para fazer alguma modificação, ponho minha opinião para dentro, muitas vezes, do próprio projeto, ou mudando a redação ou alterando alguma coisa. Agora, pedir vistas e devolver... só para realmente ganhar o tempo que não seria suficiente, porque de um jeito ou de outro será votado”, declarou Dilmar.

Os deputados petistas criticam a decisão tomada pelo Governo, segundo eles, sem diálogo com a população, prefeitos e vereadores dos municípios envolvidos. A base do governador Mauro Mendes (DEM), por sua vez, argumenta que a mudança de modal não é de responsabilidade do parlamento, e o projeto autoriza somente a modificação do empréstimo.

Fonte: Olhar Direto