Geral

27 de Novembro de 2020 às 07:36:10h

Sinop: Procon lança campanha contra o superendividamento para o Natal

O Órgão de Defesa do Consumidor (Procon-Sinop) lançou na manhã desta quinta-feira, 26, uma campanha contra o superendividamento. Em sua terceira edição, o “Natal sem Dívida”, que acontecerá entre os dias 08 a 11 de dezembro, promoverá mutirões de forma que o consumidor possa quitar suas dívidas, com a mediação do Procon, de forma organizada e que não comprometa a sua renda familiar. “O Natal sem dívidas chega em sua terceira edição e já estamos esperançosos em bater o record do ano passado em que conseguimos negociar mais de R$300 mil de dívidas dos consumidores com bancos”, destacou a diretora do Órgão, Juliana Torres Baptista.

A diretora destacou, ainda, que outra grande novidade para essa edição é a adesão da Secretaria de Estado de Fazenda. De acordo com a gerente da Agência Fazendária de Sinop, a negociação servirá, tanto para pessoa física quanto jurídica e o consumidor poderá negociar os débitos tributários e não tributários, como ICMS, IPCD, IPVA e débitos ambientais com a SEMA, por exemplo. “Nós, do Governo do Estado, estaremos oferecendo condições de, até, 75% de desconto e parcelamentos em, até, 60 meses. O Estado ganha com isso e o contribuinte também”, pontuou Gisela Grudzinski

A Associação Comercial e Empresarial de Sinop (ACES), por sua vez, disse que já orientou o comércio associado da grande oportunidade que a ação representa e da importância de todos estarem aderindo. “O Procon de Sinop é uma referência para todo o Brasil pelo trabalho que vem fazendo ao longo do ano e, nessa ação, nós puxamos a frente junto”, disse o presidente Klayton Gonçalves referindo-se à vontade de querer quitar (consumidor) e receber (fornecedor) uma dívida.

O mutirão ocorrerá, nos dias 08, 09 e 10, na Câmara dos Vereadores, das 12h, às 17h, e no dia 11, no salão paroquial da igreja São Cristóvão, das 09h às 16h. Nesses dias, a população poderá contar, além dos serviços de negociação de dívida com bancos, Governo do Estado e comércio local, com a negociação com as concessionárias de serviços (água e energia), operadoras de cartão de crédito e telefonia, consultas ao SPC e Serasa, através dos parceiros CDL e ACES, entre outros.

A população contará, também, com recadastramento do cartão do SUS, cadastro único, ofertas de emprego pelo Sine, aferição de pressão, teste de glicemia, teste de Covid-19, orientação sobre a dengue, fisioterapia, nutrição e cortes de cabelo.

São apoiadores do Natal sem Dívida a Câmara Municipal de Vereadores; a Secretaria de Saúde; Secretaria de Desenvolvimento Econômico; Secretaria de Estado de Fazenda; o Sine, a OAB; ACES; CDL; Laboratório Bioclínico; Evo Networks e a Unifasipe.

Fonte: Da Assessoria