Geral

16 de Outubro de 2019 às 07:21:35h

Dois policiais são presos por extorquirem empresário

Dois investigadores da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (Derfva), foram presos pela Corregedoria da Polícia Civil, com apoio dos policiais do Grupo de Operações Especiais (GOE), suspeitos de extorquirem o proprietário de uma auto elétrica.

As prisões ocorreram na tarde da última terça-feira (15), no bairro Santa Isabel, em Várzea Grande. Os policiais foram identificados como Juracy Campos de Aguiar, 49 anos, e Leonel Virgolino Pacheco, 41 anos.

A Corregedoria, segundo o boletim de ocorrência, recebeu uma denúncia anônima, na última sexta-feira (11), relatando que dois policiais civis teriam ido à auto elétrica exigir dinheiro para o dono do estabelecimento.

O empresário alegou que os policiais exigiram a quantia de R$ 30 mil para não apreender o caminhão do empresário, pois segundo os suspeitos, o veículo estava com a cabine "esquentada", ou seja, irregular. Porém, a vítima negociou dizendo que só poderia pagar R$ 5 mil, sendo R$ 3 mil naquele momento e mais R$ 2 mil em uma data posterior.

A vítima, após orientação dos corregedores, marcou para entregar o restante do valor, em um posto de combustível em Várzea Grande, na tarde da última terça-feira (15). No referido local, os policiais Juracy e Leonel foram avistados em um veículo VW Gol e a vítima foi ao encontro deles e repassou o valor de R$ 2 mil.

De imediato foi iniciado acompanhamento dos suspeitos que foram abordados pela equipe de corregedores e uma equipe do GOE. Com os mesmos, foi localizada a quantia de R$ 3.113,00. Com isso, ambos foram detidos e encaminhados à Central de Flagrante de Várzea Grande.

Fonte: Da Redação