Geral

14 de Março de 2019 às 10:11:29h

Funcionário é acusado de falsificar atestados médicos

O funcionário de uma empresa em Sinop é acusado de ter falsificado atestados médicos para faltar ao trabalho. Segundo a denúncia feita por um empresário, o trabalhador teria apresentados dois, um para licença de 12 dias do trabalho e, outro, de 9 dias.

O patrão desconfiado da situação, procurou as médicas que emitiram os documentos e elas teriam comprovado a adulteração. No boletim de ocorrência consta que, o atestado de 12 dias era de 2 dias e, o de 9, era de 3.

Diante disso, o funcionário acabou sendo dispensado, mas ele se negou a receber o valor correspondente aos direitos trabalhistas e assinar o termo de dispensa, alegando que procuraria seus direitos.

Fonte: NortãoNotícias