Geral

11 de Outubro de 2018 às 08:41:33h

Botelho acredita que Pedro Taques deve alterar LDO em função de Mauro Mendes

O presidente da Assembleia Legislativa (AL), deputado Eduardo Botelho (DEM), afirmou que o governador Pedro Taques (PSDB) deve retirar o projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) da Casa de Leis e realizar alterações em razão da eleição de Mauro Mendes (DEM) como o novo governador do Estado.

Segundo Botelho, Taques sinalizou para a possibilidade de discutir o projeto com Mendes e, posteriormente, reapresentá-lo aos deputados. A LDO estabelece quais serão as metas e prioridades para o ano seguinte.

“Espero que seja feito isso, porque é o melhor caminho. O que for feito agora impactará no próximo governo. Nada mais justo do que adequar a LDO e a LOA com base no projeto da nova gestão”, informou.

Ainda segundo Botelho, Taques tem demonstrado grandeza ao reconhecer que os mato-grossenses não erraram ao não reelegê-lo, além de o governador estar conduzindo de maneira tranquila o processo de transição.

“Ele está de parabéns, porque isso que um governante tem que fazer: entender a vontade da população e se colocar de portas abertas, porque daqui ate o final do ano, ele é governador, mas já tem que estar antenado com o outro. As ações que ele fizer agora vão influenciar no ano que vem”, ressaltou.

Botelho disse ainda que manterá a cobrança pela presença dos parlamentares em Plenário até o encerramento desta legislatura. Além da LDO, os parlamentares precisam apreciar, ainda neste ano, a Lei Orçamentária Anual (LOA).

Fonte: Gazeta Digital