Geral

16 de Maio de 2018 às 08:01:38h

Fiscais da Sema apreendem 65 kg de pescado irregular em Santo Antônio de Leverger

Os Peixes foram doados para uma Escola Municipal em Cuiabá

Fiscais da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) fizeram a captura de 65 Kg de pescado irregular na manhã desta terça-feira (15.05), na região de Santo Antônio de Leverger (34 Km ao sul de Cuiabá). Os peixes apreendidos eram das espécies: Pintado, Jaú, Dourado e Pacu, que foram doados para a Escola Municipal Senhorinha Ana Alves de Oliveira, localizada no bairro Jardim Vitória, em Cuiabá.  

Segundo o coordenador de Fiscalização de Fauna da Sema, Júlio Reiners, o infrator foi pego em flagrante fazendo o transporte irregular dos pescados, que estavam fora de medida adequada e com marcas de rede, material que é proibido na pesca. "Além de estar fazendo uso de equipamento ilegal, o pescador fazia o deslocamento inadequado sem nenhum tipo de licença de transporte e cuidado com o armazenamento dos peixes", destaca o coordenador.

O infrator foi detido e encaminhado para a Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), para que sejam tomadas as providências necessárias.

Regras da pesca

Embora esteja fora do período de defeso da piracema estadual, os pescadores profissionais e amadores precisam seguir algumas regras determinadas pela Lei Estadual nº 9.096/2009. Ela estabelece a proibição para uso de apetrechos de pesca como: tarrafa, rede, espinhel, cercado, covo, pari, fisga, gancho, garateia pelo processo de lambada, substâncias explosivas ou tóxicas, equipamento sonoro, elétrico ou luminoso.

As medidas mínimas dos peixes constam na carteira de pesca do Estado e algumas delas são: piraputanga (30 cm), curimbatá e piavuçu (38 cm), pacu (45 cm), barbado (60 cm), cachara (80 cm), pintado (85 cm) e jaú (95 cm).

Denúncias

O cidadão pode denunciar a pesca predatória e outros crimes ambientais à Ouvidoria Setorial da Sema: 0800-65-3838/ou via WhatsApp no (65) 99281-4144. Outros telefones para informações e denúncias: (65) 3613-7394 (Setor Pesca), nas unidades regionais da Sema ou aplicativo MT Cidadão.

 

Fonte: Hannah Marques | Sema-MT