Geral

18 de Junho de 2017 às 09:36:18h

Mãe denuncia estupro de filho deficiente em escola de MT

Uma mãe denunciou à Polícia Civil de Juína (735 km a Noroeste de Cuiabá), na sexta-feira (16), o estupro de seu filho, de 8 anos, que tem deficiência mental. A mulher foi alertada pelo Conselho Tutelar da cidade, que recebeu a informação através de uma denúncia anônima, relatando o abuso sexual cometido por outros alunos de uma escola da rede estadual de ensino.

O estupro teria ocorrido no mês passado, mas a mãe só ficou sabendo do caso após a visita do Conselho Tutelar na última quarta-feira (14).

De acordo com o boletim de ocorrência, o menino morava com a avó, no bairro Palmiteira, quando o fato aconteceu. O nome da escola não foi revelado para proteger a identidade da vítima.

O caso foi registrado como abuso de incapaz consumado e a Polícia Civil da cidade investiga o caso.

Estupro de vulnerável

Um dia antes da denúncia, a Polícia Civil passou a investigar um pai que abusou sexualmente da própria filha, de apenas 3 anos, em Peixoto de Azevedo (691 km ao Norte de Cuiabá). O caso aconteceu quando a menina passou o dia na casa do pai e se queixou de dores na genitália ao voltar para a casa da mãe.

A mulher levou a criança até uma unidade de saúde, onde foi orientada pela equipe médica a procurar a delegacia para denunciar o fato. O pai foi identificado como F.W.A.S, 27.

Fonte: NortãoNotícias