Esportes

28 de Outubro de 2019 às 10:35:29h

Cuiabá decide Copa Verde no Mangueirão, em Belém(PA)

Estão marcadas as datas para os dois encontros entre Cuiabá e Paysandu pela decisão da Copa Verde 2019, competição que vale a vaga direta para as oitavas de final da Copa do Brasil 2020. O Sorteio dos mandos de campo foram definidos no início da tarde desta sexta-feira(25) pela CBF.

O Dourado, representante mato-grossense, joga o primeiro jogo em casa, no dia 14 de novembro (quinta-feira), na Arena Pantanal, em Cuiabá. O segundo jogo e decisivo será no dia 20/11 (quarta-feira), no estádio Mangueirão, em Belém do Pará. Os horários das partidas serão definidos em conjunto dos clubes com a CBF. Será a primeira vez nesta edição que o Cuiabá decidirá como visitante.

Campanhas

Com time alternativo na competição, o Cuiabá começou a Copa Verde com vitória contra o Iporá(GO) por 2 a 1 fora de casa, nas oitavas de final, porém, foi derrotado na Arena por 1 a 0 e teve que decidir a vaga nas penalidades de forma emocionante, vencendo por 6 a 5. Nas quartas de final, o negócio foi um pouco mais tranquilo, eliminou o Costa Rica(MS), com empate em 1 a 1 fora e vitória por 2 a 1 em casa.

Na semifinal, teoricamente com a equipe principal, o Cuiabá enfrentou o Goiás, que compõe a Série A do Brasileiro. Na ida, revés por 1 a 0 no estádio Serrinha, na época no comando de Itamar Schülle. Na volta, já comandado pelo técnico Chamusca, vitória por 2 a 1 e classificação nos pênaltis.

O Paysandu, que permaneceu na Série C do Brasileiro neste ano, também teve dificuldade na Copa Verde. Nas oitavas de final, venceu o Nacional(AM) por 1 a 0 na ida e empatou sem gols na volta, no estádio da Curuzu, em Belém. Nas quartas de final, foram dois empates em 1 a 1 contra o Bragantino do Pará, conquistando a classificação nos pênaltis por 6 a 5 fora de casa.

Na semifinal, o famoso e tradicional clássico Re-Pa. Com dois jogos no Mangueirão, empate sem gols na primeira partida e vitória Bicolor por 3 a 1 na volta, chegando à sua quinta decisão na competição nacional.

Histórico

Em cinco participações anteriores, o Cuiabá foi campeão em 2015, contra o Remo, rival do atual adversário da final. No primeiro jogo no Mangueirão, o Dourado perdeu por 4 a 1, mas, no jogo de volta, conquistou o "milagre do Pantanal", com virada por 5 a 1 para cima do Leão. Foi a única vez que a equipe mato-grossense chegou à decisão.

Já o Paysandu, que também participou de todas as edições, tem mais tradição na competição. Buscou o título em duas oportunidades, 2016 e 2018, sendo o atual campeão. Em 2014 e 2017, o Papão foi vice-campeão, eliminado na final por Brasília(DF) e Luverdense(MT), respectivamente.

Curiosidade

Em 2017, o técnico Marcelo Chamusca disputou toda a Copa Verde no comando do Paysandu, chegou à decisão, mas ficou com o vice-campeonato diante do Luverdense, com uma derrota na Arena Pantanal por 3 a 1 e empate em 1 a 1 no estádio Mangueirão. No mesmo ano, como prioridade, ele foi campeão paraense pelo bicolor, em duelo contra o rival Remo.

Questionado pela reportagem do Olhar Esportivo antes mesmo da classificação na semifinal sobre essa nova oportunidade, Chamusca respondeu que ficou o desejo de disputar mais uma decisão da competição.

“É um título, eu tenho 23 títulos na minha carreira, então todo título tem um significado muito grande. A Copa Verde é a segunda vez que estou participando, o destino acabou me dando uma oportunidade. Apesar de eu não ter conquistado o título (em 2017), ficou um desejo de ter uma nova oportunidade”, disse.

Mais informações em instantes sobre os horários dos jogos*

Fonte: Olhar Esportivo