Esportes

25 de Outubro de 2019 às 09:17:31h

Após vaga para final da Copa Verde, Chamusca fala em fidelidade dos atletas com plano de jogo

O Cuiabá garantiu a sua vaga na final da Copa Verde 2019. O Dourado eliminou o Goiás na Arena Pantanal, com vitória por 2 a 1 no tempo normal e triunfo por 4 a 3 nas cobranças de pênaltis. A equipe mato-grossense enfrentará o Paysandu na decisão.

Foi o segundo jogo no comando do técnico Marcelo Chamusca, que estreou com vitória por 2 a 1 contra o Guarani na Série B, e desta vez conquistou uma classificação importante diante de uma equipe da Série A do Brasileiro.

“Eu estou muito feliz pela conquista do objetivo, em tão pouco tempo de trabalho. Mais feliz ainda pela performance da equipe, se nós conquistamos a vaga foi de forma merecida, pelo que nós apresentamos dentro do campo. Os jogadores foram muito fiéis ao plano de jogo que foi montado, apesar de tomarmos um gol muito cedo, o time não se desequilibrou, manteve a tranquilidade, o posicionamento, o plano de jogo, e eu acho que hoje fizemos um grande jogo em todos os aspectos. Enfrentamos um adversário qualificado, grande, de investimento, de camisa, com história, e conseguimos nos sobrepor dentro do campo através das qualidades dos jogadores, do comprometimento, da entrega”, disse Chamusca após a classificação.

Segundo o técnico Marcelo Chamusca, a equipe realizou treinamento ofensivo em cima de uma falha que o Goiás vinha cometendo em jogo anteriores, abrindo espaços na transição defensiva, que deu certo dentro da proposta em campo.

“A gente fez a análise do Goiás, vimos que eles tinham uma proposta da transição defensiva, onde eles davam alguns espaços aos adversários. Treinamos e pedi para os jogadores, todas as vezes que conseguíssemos roubar essa bola, acelerássemos pelo lado, foi isso que aconteceu com Felipe, com Mateus, depois com Gutiérrez pelo lado direito, e a gente conseguiu criar situações interessantes. A equipe já tem um padrão definido, mas é importante que continue conceituando. E a transição, pela característica dos nossos jogadores, eu acho que é um momento do jogo que, a gente tem muita condição de nos sobrepor sobre nosso adversário, foi isso que a gente tentou fazer”, enfatizou o técnico.

Como foi citado pela reportagem do Olhar Esportivo na matéria pré-jogo, o técnico já disputou uma final pela Copa Verde. Em 2017, no comando do Paysandu(PA), próprio adversário do Cuiabá na disputa pelo título, Marcelo Chamusca foi vice-campeão, perdendo para o Luverdense na decisão.

“Estou duplamente feliz, pelo resultado, por ter avançado à fase final e ter mais uma oportunidade de disputar uma final na minha carreira. Isso mostra um crescimento, uma confiança dos atletas no trabalho que está sendo realizado e será muito importante para a nossa sequência, começando lá em Pelotas(RS) contra o Brasil”, completou Chamusca.

A princípio, Cuiabá e Paysandu se enfrentam no dia 13 e 20 de novembro. Os mandos de campo serão marcados em sorteio na CBF. O Cuiabá conquistou a Copa Verde uma vez, em 2015. Já o Papão, é o atual campeão e também buscou o título em 2016.

Fonte: Olhar Esportivo