Esportes

14 de Outubro de 2019 às 11:43:59h

Após demissão de Itamar Schülle, diretor de futebol Michel Alves deixa o Cuiabá

O diretor de futebol Michel Alves não faz mais parte da gestão do Cuiabá Esporte Clube. Em comum acordo, após a demissão do técnico Itamar Schülle na última sexta-feira (11) diante da derrota para o Vitória na Arena Pantanal, o Dourado e o dirigente acertaram o desligamento neste final de semana.

 

Michel chegou ao clube em outubro de 2018 e participou da montagem da equipe que foi campeã Mato-grossense e que está disputando a Série B do Brasileiro. Quando chegou, ele substituiu o diretor de futebol do acesso, Abel Ribeiro. Este foi o primeiro trabalho de dirigente do ex-goleiro Michel Alves em um clube. Ainda em 2018, ele era jogador profissional.

Nos últimos dias, muitas críticas pesaram sobre o diretor, por conta da vinda de jogadores que não renderam no Cuiabá, inclusive, alguns que estão afastados, caso dos atacantes Hugo Cabral e Caio Dantas. Resta saber, se foi ele o responsável direto nas principais contratações.

Goleiro sofre fratura incompleta em osso do braço direito e desfalca o Cuiabá em outubro

 

Em nota, a diretoria do Cuiabá informou que reconhece todo o trabalho desenvolvido por Michel Alves enquanto esteve à frente do departamento de futebol, agradece pelo profissionalismo e empenho e lhe deseja sucesso no prosseguimento de sua carreira.

TROCA

O Cuiabá agiu rápido após a demissão do técnico Itamar Schülle e contratou o experiente Marcelo Chamusca, que estava também até na última sexta-feira no comando do CRB(AL), pela Série B. 

A delegação do Dourado está em Recife, onde enfrenta o vice-líder Sport(PE) nesta segunda-feira (14), na Ilha do Retiro.

Fonte: Olhar Esportivo