Esportes

11 de Outubro de 2018 às 09:00:39h

Corinthians sai no lucro de primeira final, e título da Copa do Brasil ainda é viável

A decisão da Copa do Brasil poderia ter acabado para o Corinthians nesta quarta-feira, se Cássio não tivesse mais uma noite de milagres, se a trave não estivesse ao lado dos alvinegros, se o Cruzeiro, vencedor da primeira partida da final por 1 a 0, não se acomodasse tão cedo com o resultado.

Apesar da atuação muito ruim em Belo Horizonte, o Corinthians volta para casa no lucro. Com um placar possível de ser invertido, o título da Copa do Brasil ainda é viável para o Timão, ainda que seja menos provável do que a vitória sobre o Flamengo na semifinal.

A própria vantagem de um gol do Cruzeiro fará o Corinthians abandonar a postura defensiva e ficar sujeito a contra-ataques;
Além disso, ao contrário do Fla, o time de Mano Menezes é muito consistente na defesa e deve apresentar maiores dificuldades à criação corintiana;

No segundo semestre, a única vez em que o Timão ficou atrás num mata-mata acabou eliminado – contra o Colo-Colo, nas oitavas da Libertadores;

Fora de casa, o Cruzeiro venceu todas as suas partidas na Copa do Brasil, contra Atlético-PR, Santos e Palmeiras (apesar de nunca ter ganhado em Itaquera na história).

Mas, por que a derrota em Belo Horizonte ainda é lucro?

Simples: o resultado magro significa que um golzinho é suficiente para levar a decisão aos pênaltis, no mínimo. E a decisão é em casa, com a Arena inflamada, em clima semelhante àquele da semifinal. A torcida jogou junto e empurrou uma equipe limitada até a decisão.

Fonte: Globo Esporte