Economia

21 de Novembro de 2018 às 20:08:33h

Tomate e batata ficam mais caros em Cuiabá

Dados divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), na terça-feira (20), apontam que entre os hortifruti o tomate foi o que apresentou maior alta em outubro, em todo o país. Em Cuiabá, o valor do produto aumentou cerca de 40%.

Ainda segundo a Conab, os preços registrados este ano são bem maiores do que os praticados em outubro de 2017.

Muitos fatores interferem no valor do produto. De acordo com o feirante Caio Targino, da Feira do Porto, em Cuiabá, o aumento do combustível eo consequente aumento no preço do frete contribuíram na alta das verduras, frutas e legumes.

“Além do frete, estamos num período de muita chuva e isso também interfere nos preços”, explicou.

Ainda segundo ele, na feira, o preço do quilo de tomate varia entre R$ 6 e R$ 7, dependendo da variedade.

O feirante alertou ainda para o aumento de outros produtos hortifrutigranjeiros como a batata que também subiu cerca de 40% nas três últimas semanas.

De acordo com a Conab, entre os hortifruti, a cenoura foi o único item que manteve os preços.

A expectativa dos feirantes é de que os preços se elevem ainda mais em razão das festas de fim de ano e do aumento do volume de chuva.

Preço do frete

De acordo com a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) o último reajuste no valor do frete ocorreu em setembro e variou de 1,66% a 6,24% dependendo do tipo de carga e da distância percorrida.

Fonte: FolhaMax